Observar...

Observo olhares, observo comportamentos…

Vejo olhares vazios, tristes, revoltados. Faltam os sorrisos, os sonhos, ficando apenas as almas vazias sem esperança…

Observo comportamentos egoístas, frios, calculistas… as pessoas parecem ser máquinas que servem somente para executar tarefas, esquecendo que a vida existe para ser vivida com paixão e alegria, repleta de sonhos que nos fazem remar contra a maré e contra as adversidades da vida.

Falta aquele alimento que faz avançar o mundo e que parece desvanecer a cada momento que passa. Somos máquinas formatadas por uma sociedade pobre em sonhos.

Acredito que esta também é uma forma de fazer Geografia.

Observar comportamentos diz-nos muito sobre o mundo em que vivemos. Diz-nos que vivemos numa sociedade fechada no seu próprio mundo e que esquece que existem outros à nossa volta.

Observar comportamentos e olhares revela-nos que existe tanto por fazer na nossa sociedade. É preciso mudar as atitudes, é preciso alimentar o espírito para que o sorriso reapareça, é preciso sonhar…

Citando A. Gedeão "...sempre que um homem sonha o mundo pula e avança como bola colorida entre as mãos de uma criança.”.

...

Por Tatiana - GeoPoetas

Comentários

Lisete Osório disse…
olá,
grande observação! espero que estes momentos de inspiração te surgam mais vezes e que nos possas brindar com eles!
Hoje regresso a casa depois de uma semana intensa, com trabalho, um congresso pelo meio e cheia de coisas boas... que me deram alento e motivação para seguir avançando e nunca desistir de perseguir os meus sonhos e objectivos... sinto-me muito feliz... a felicidade está nas pequenas coisas da vida, tratem de as aproveitar e de fazer felizes os que estão à vossa volta. beijos e bom fim de semana
Anónimo disse…
vim aqui so' para deixar a minha marca porque sinceramente, estou sem palavras para o texto que a minha prima escreveu :D

nem eu o tinha dito melhor, nao ha uma sequer palavra da qual eu discorde, o mundo cada vez esta' mais cinzento e cada vez menos as cores sao relembradas!

beijinhooo Taty e continua a escrever assim eheh :D

nana
Carine disse…
Vivemos num mundo em que nada é grátis... nem os sonhos! Sonhas e pagas com o despertar. Dizem que só se é jovem quando se tem mais sonhos que recordações, no entanto, habitamos um espaço onde a cada momento fantasiar é mais duro (é preciso tanta imaginação!!). Somos geógrafos e vivemos do que o mundo nos proporciona... cabe a cada um de nós fazer deste espaço o mais fantástico do mundo. Por isso, por mais duro que seja, não abandonem os vossos sonhos, mesmo se um dia tiverem um mau despertar…

(A Tatiana põe-se com escritas bonitas e eu fico assim melancólica: p)

Beijos para todos

Mensagens populares deste blogue

7º Encontro de Utilizadores ESRI

Bolsas de Investigação