3ª EDIÇÃO DO CURSO LIVRE DE FUNDAMENTOS EM PROTECÇÃO CIVIL

3ª EDIÇÃO DO CURSO LIVRE DE FUNDAMENTOS EM PROTECÇÃO CIVIL 
(19, 20, 26 e 27 de Novembro)

Duração: 21 horas
Horário: Duas sextas-feiras: 19:30 às 23:00 | Dois sábados: 10:00 às 13:00 & 14:00 às 18:00
Custo: 100€ (valor aplicável aos alunos da Universidade Lusófona; alunos externos têm um acréscimo de 10€ relativo ao seguro escolar)
Local: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Campo Grande, Lisboa
Softwares: ArcGIS Desktop 9.3 e Microsoft Office 2007
Material oferecido: CD com legislação relevante no âmbito da protecção civil e as apresentações mostradas em cada um dos módulos do curso; licença de ArcGIS para estudantes com a duração de 1 ano
Objectivos:
O curso Fundamentos em Protecção Civil desenvolve uma abordagem introdutória sobre os principais aspetos relacionados com a protecção civil, tendo por objetivo a compreensão de conceitos e conteúdos por técnicos, agentes ou operacionais que não estejam familiarizados com eles, mas para os quais, o conhecimento dos mesmos é importante no desempenho das suas atividades.
A Protecção Civil, nas suas diferentes vertentes, é uma disciplina transversal a vários domínios, pelo que a formação ministrada é sólida, e simultaneamente, concisa, atual e útil, beneficiando da experiência acumulada dos docentes que a leccionam, tanto a nível académico como ao nível operacional.

Outras informações (ver)
Programa resumido:
1. Legislação na área da protecção civil [4 horas]
1.1. Legislação estruturante
1.2. Legislação orgânica
1.3. Legislação técnica – operacional
1.4. Legislação concorrente
2. Riscos naturais e tecnológicos [4 horas]
2.1. Noções de risco e de perigo, de vulnerabilidade e perigosidade
2.2. Principais riscos naturais (inundações, secas, incêndios florestais, ondas de calor, ondas de frio e sismos)
2.3. Principais riscos tecnológicos (substâncias perigosas em indústrias e armazenagens, transporte de mercadorias perigosas, emergências radiológicas)
3. SIG aplicado à protecção civil [5 horas]
3.1. Construção de cartografia de risco (de sismicidade; de cheias; de movimentos de vertente; de incêndio florestal; de tsunami)
3.2. Exemplos de modelação
4. Planeamento de emergência [4 horas]
4.1. Planos gerais
4.2. Planos especiais
5. Gestão de emergências [4 horas]
5.1. Procedimentos operativos
5.2. Gestão coordenada
5.3. Redes de comunicação
5.4. Voluntariado

Fonte: Universidade Lusófona 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

7º Encontro de Utilizadores ESRI

"Nasa revela que Antártida não está diminuindo e sim ganhando mais gelo"